Archive for the ‘posts’ Category

De casa nova e provisória

9 setembro 2009

Continuo sem maiores informações do WordPress. Porém, aconselhado por pessoas mais experientes acatei a notificação e transferi o blog para esse novo domínio, encerrando as atividades no antigo.

Uma amiga jornalista nos EUA está tentando obter algo mais concreto deles. Também tenho insistido nos contatos via e-mail.

O fato é que venho escrevendo há 3 meses, e só agora, depois de uma revista internacional mencionar o blog e a polêmica do blog clone do planalto ter tomado corpo é que chega essa notificação. Muita coincidência. Pra piorar, o destino colocou como “deadline” do antigo blog a data da comemoração da nossa independência.

A vida continua, mas confesso que um pouco menos colorida.

Manifestação Fora Sarney em São Paulo

8 setembro 2009

Lindo dia de sol em São Paulo nessa segunda-feira de feriadão da Independência. O pessoal, apesar da cidade estar vazia (sol+feriado), se mobilizou e produziu um lindo retrato de cidadania. Foto do http://blogsergio.com

Movimentos começam com 100, passam para 1000 e logo formam multidões.

Movimentos começam com 100, passam para 1000 e logo formam multidões.

7 setembro 2009

000 Censurado

Caros e caras, recebi na tarde de ontem um curto comunicado do WordPress via e-mail solicitando, em prazo de 24 horas, a remoção de todo e qualquer logotipo ou imagem da Petrobras e a mudança da minha URL “petrobrasdadosefatos”, pois, segundo o comunicado, estaria  essa causando confusão com o “petrobrasfatosedados” (Mas essa era a intenção oras! Uma companhia bilionária quer ter exclusividade com um domínio gerado em serviço gratuito?!).

Nesse momento percebi que meu blog estava totalmente bloqueado, e que não era mais possível postar nem alterar conteúdos, nada. Por isso coloquei um comentário avisando da censura que estava sofrendo, pois a ferramenta de moderação de comentários continuou ativa.

Estranhei tal comunicado curto, sem maiores explicações e solicitei um detalhamento do por quê dessas imposições, e se havia pressão ou alguma ação formal por parte da Petrobras. Recebi como resposta apenas alguns detalhamentos técnicos que também indaguei, nada sobre o motivo. Muito estranho.

Hoje, novamente, enviei os mesmos questionamentos, incluindo se haverá a possibilidade de um “linkamento” direto entre a minha atual URL e uma nova, caso essa seja realmente congelada. Ainda não obtive resposta. O blog, porém, voltou ao normal, por isso estou postando esse texto.

Não quero criar problemas para o WordPress, que presta um ótimo serviço gratuíto, e aceito qualquer solicitação caso seja necessário. Gostaria apenas de saber exatamente o que está ocorrendo. Claro que pelo teor do comunicado inicial, existe pressão da Petrobras para que esse blog se cale, mude, perca-se.

Enfim, hoje estou cobrindo todas as imagens da empresa, conforme solicitado. Estou colocando tarja preta de censura. Já criei um novo URL cujo endereço deixo aqui como segurança caso deletem o atual, anotem aí: https://petrobrasilfatosedados.wordpress.com/

Vamos aguardar novas comunicações ou ações. Aproveito para agradecer todas as mensagens de apoio que esse blog vem recebendo. É um estímulo diante de um fato tão deprimente. Valeu pessoal!

A Petrobras virou agência de publicidade

6 setembro 2009

 

petrobras lula e o brasil rico 4

Do Estadão:

Para cumprir a determinação do governo de exaltar o sentimento nacionalista e a tendência estatizante, a Petrobrás redirecionou suas campanhas publicitárias para mensagens de cunho ufanista e patriótico, deixando em segundo plano a exposição dos seus produtos. O pré-sal, cujo marco regulatório foi lançado segunda-feira passada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, virou o carro-chefe da grande campanha iniciada pela estatal.

A Petrobrás recusa-se a dar detalhes sobre os valores pagos por sua publicidade – trata-se de uma questão de mercado, diz -, mas a Secretaria da Comunicação de Governo (Secom) informou que a verba global da estatal para este ano é de R$ 310 milhões, em contratos com quatro empresas: PPR Profissionais de Publicidade Reunidos Ltda, Master Publicidade, F/Nazca, Saatchi & Saatchi Publicidade Ltda e Heads Propaganda Ltda. Em 2010, ano eleitoral, o valor total para a propaganda e publicidade deverá ser elevado para R$ 480 milhões, de acordo com informações do mercado publicitário.

As agências já estão alvoroçadas com a notícia porque também no ano que vem vencem os contratos. Um dos blocos, hoje de R$ 250 milhões, terá o contrato encerrado em 29 de janeiro; o outro, de R$ 60 milhões, acabará em 18 de março.

A ideia passada por quatro peças publicitárias que estão no ar é que, com o pré-sal, a Petrobrás descobriu a riqueza do futuro para o povo da Nação que só despertou depois da posse de Lula. Isso tudo, num abismo de 7 mil metros, no Oceano Atlântico, num desafio tecnológico sem precedentes. Na propaganda, a Petrobrás diz que é hoje uma das empresas mais admiradas do mundo e a única a já retirar petróleo do pré-sal.

Ao mesmo tempo em que busca provocar em cada cidadão o sentimento de orgulho por ter nascido num País que, segundo a publicidade, já é autossuficiente em petróleo – embora ainda importe óleo leve, o Brasil consome por dia 2 milhões de barris e produz 2,5 milhões, de acordo com dados do Ministério de Minas e Energia -, a propaganda tenta passar para a sociedade a impressão de que a empresa está sendo vítima de injustiças. Principalmente por parte do Senado, que abriu uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar supostas irregularidades em contratos da estatal.

Isso fica claro no texto das peças publicitárias: “Que país não gostaria de ter uma empresa como esta? Quase tudo que ela produz, ela produz aqui. E é consumido aqui, por brasileiros. É aqui que ela cria tecnologia. É aqui no Brasil que ela investe em cultura, meio ambiente, cidadania. E por ter um compromisso assim, com o seu País, ela é uma das empresas mais admiradas do mundo. A Petrobrás fez história. E está fazendo o futuro.”

Leia na íntegra clicanco aqui.

Meu comentário:

E eu abasteço meu carro pagando uma das gasolinas mais caras do mundo, de  qualidade inferior.

A qualidade é culpa da Petrobras. O valor é culpa do governo, com seus extorsivos impostos.

Quem já viajou para países do Mercosul sabe do que estou falando: Gasolina de excelente octanagem, que rende bem mais que a nossa.

Movimento Fora Sarney II – 7 de setembro

5 setembro 2009

Nessa segunda, feriado da Independência (07/09), acontecerá em todo Brasil manifestações de cidadãos insatisfeitos com as pizzas do caso Sarney no conselho de ética (?!?) do senado federal, protestando contra a permanência do senador “maranhense” do Amapá na presidência da casa.

Se você estiver disposto a contribuir com um movimento pró-cidadania, PARTICIPE, faça a diferença!

fora sarney II 2

 Abaixo, listagem de cidades e locais já agendados:

Brasília – DF
Ação: Será realizada uma grande festa.
Inicio 9h! Por isso,  CHEGAR CEDO.
Quando: segunda, dia 07 de setembro
Horas: às 7h
Onde:  Concentração na Rodoviária, Plano Piloto.
Escada rolante próxima à entrada do metrô.

Rio de Janeiro – RJ
Ação: Manifestação durante o Desfile Militar Oficial promovido pelo Governo do Estado
Quando: segunda, dia 07 de setembro
Horas: às 7h
Onde: Saída do metrô Presidente Vargas, no Centro do Rio de Janeiro

São Paulo – SP
Ação: manifestação pública
Quando: segunda, dia 07 de setembro
Horas: às 14h
Onde:  MASP

Itu – SP
Ação: panelaço contra a corrupção
Quando: segunda, dia 07 de setembro
Horas: às 17h
Onde: Praça da Matriz

Belo Horizonte – MG
Ação: manifestação pública
Quando: segunda, dia 07 de setembro
Horas: às 14h
Onde: concentração na Praça Sete

Curitiba – PR
Ação: manifestação pública
Quando: segunda, dia 07 de setembro
Horas: às 10h
Onde: Centro Cívico
Concentração: em frente ao Shopping Mueller
*Vá de preto, nariz de palhaço e cartão vermelho na mão.

Maringá – PR
Ação: manifestação pública
Quando: segunda, dia 07 de setembro
Horas: às 14h
Onde: concentração em frente a Universidade Estadual  (UEM).

Porto Alegre – RS
Ação: manifestação pública
Quando: segunda, dia 07 de setembro
Horas: às 9h
Onde: concentração em frente a Câmara Municipal

Florianópolis – SC
Ação: manifestação pública
Quando: segunda, dia 07 de setembro
Horas: às 16h
Onde: Trapiche da beira-Mar

Vitória – ES
Ação: manifestação pública
Quando: segunda, dia 07 de setembro
Horas: às 9h
Onde: em frente ao Bob’s na Praia do Canto

Manaus – AM
Ação: manifestação pública
Quando: segunda, dia 07 de setembro
Horas: às 9h
Onde: Posto em frente ao estádio Vivaldo Lima

Goiânia – GO
Ação: manifestação pública
Quando: segunda, dia 07 de setembro
Horas: às 15h
Onde: Na Praça Universitária

 

Para maiores informações acesse:  www.forasarney.com.br

 

PETROBRAS = PDVSA?

4 setembro 2009
PetrobrasPdvsa - Deus nos livre!

Hugo Chaves e Sergio Gabrielli: rindo de quê?

A Petrobras está tomada por pessoas com currículo apenas político, decidindo e planejando ações cujos interesses muitas vezes conflintam com os do Brasil.

A associação com a PDVSA da Venezuela, país que jogou a democracia na lata do lixo e vem impondo, à força, um regime totalitário e armamentista é um péssimo exemplo. Chaves expropria ativos de outros países com a maior sem-cerimônia. Investir dinheiro brasileiro naquele país hoje em dia é aposta de altíssimo risco.

Pré-Sal

É dever de cada cidadão brasileiro estar atento as novas regras sobre a exploração do petróleo do pré-sal geradas em gabinetes onde poucas pessoas tiveram direito a opinar. A urgência solicitada pelo presidente Lula na tramitação do projeto dentro do legislativo (45 dias em cada casa) é um acinte para a população, pois o pré-sal ainda demorará anos para gerar realmente riquezas, é coisa que começará realmente só no próximo governo e há muita controvérsia sobre o modelo apresentado.

Enfiar propostas goela abaixo é tática digna de Hugo Chaves. Espero que as técnicas do bufão venezuelano  não estejam contaminando nossos governantes. Não queremos uma espécie de PDVSA tomando conta do nosso petróleo. A Venezuela aplica seus petrodólares em armamentos e no financiamento de apoio de outros países, enquanto seu povo passa necessidades. No Brasil, queremos petrodólares exclusivamente para o desenvolvimento de ciência & tecnologia e educação, além da causa ambiental.

Precisamos ainda ter esse futuro dinheiro (e bota futuro nisso) resguardado de sanhas de governos de plantão. Nova estatal para gerir recursos não! Que se crie um conselho amplo, independente e democrático para fiscalizar e gerenciar essa futura bufunfa.

Trabalhador que se exploda!

2 setembro 2009

a petrobras fechado

É incompreensível a proposta de Dilma Roussef de impedir trabalhadores que são acionistas minoritários da Petrobras em usar seu FGTS para subscrever o aumento de capital que o governo federal pretende fazer na companhia. O FGTS é uma poupança forçada, um dinheiro que só pode ser sacado em algumas poucas situações. É uma espécie de seguro-desemprego. Quem optou pela abertura promovida há anos e aplicou seu saldo em ações da Vale ou da Petrobras teve bons lucros, aumentou seu patrimônio, ajudando ainda o setor produtivo brasileiro.

Agora, fica em situação desconfortável, pois será obrigado a achar dinheiro em árvore para não perder o valor de sua participação. Não tem o menor sentido essa restrição, já que continua sendo um dinheiro preso. Total falta de sensibilidade do governo do “Partido dos Trabalhadores” com o trabalhador.

Repercussão internacional

31 agosto 2009
Sergio Gabrielli - CEO da Petrobras - checando a repercussão internacional do seu blog chapa-branca

Sergio Gabrielli - CEO da Petrobras - checando a repercussão internacional do seu blog chapa-branca

Nesse domingo, 30 de agosto, o website da conceituada revista de economia BusinessWeek publicou matéria em que esse blog é citado. Fui procurado pela jornalista Geri Smith há duas semanas aproximadamente para ser entrevistado sobre os assuntos “blog da Petrobras” e a repercussão desse blog paródia.

Dei a entrevista por e-mail, onde contei o motivo de ter criado esse espaço e ainda passei alguns dados sobre tráfego. Smith foi muito gentil e mostrou-se, como se pode aferir na matéria publicada, excelente jornalista.

Campanha de adesão na TV

31 agosto 2009

blog TV petrobras PT 2CE

A Petrobras soltou no ar uma nova campanha publicitária em que divulga sua marca, suas conquistas, coisa muito normal. É uma campanha dispendiosa, com comerciais de TV de 30 segundos e que sorrateiramente insere, lá no finzinho da propaganda, o endereço do seu blog anti-imprensa.

Então ficamos assim: Uma empresa que tenta mostrar-se moderna e capaz, induz o público consumidor a entrar em um site da internet onde as duas únicas pautas são desmoralizar uma CPI do senado federal e atacar o trabalho da imprensa.

O consumidor que assistir o comercial de TV vai, embarcado pelo belo trabalho de promoção institucional, de boa fé cair em um blog de viés político, com uma seção de comentários recheado de textos de caráter eleitoral pró-governo, onde uma falsa impressão de adesão é fabricada devido a censura que exercem sobre a participação dos comentaristas que desejam criticar ou rebater as informações.

Mais uma novidade no mundo do marketing empresarial e no mínimo uma falta de decoro perante as leis eleitorais, pois mistura política com negócios.

Depois reclamam quando chamamos aquilo de site chapa branca disfarçado, sob comando do PT. Nunca antes neste país, quiçá no mundo, um blog ganhou campanha de divulgação na televisão, um dos meios mais caros de veiculação de propaganda. Blog que é blog, já disse aqui, se faz na raça dentro do mundo virtual. É um meio alternativo de comunicação, que não comporta esse uso desmedido de poder econômico como o que está sendo feito pela Petrobras. Deixou de ser blog, definitivamente.

Mais um dossiê vagabundo do governo Lula sem punição

28 agosto 2009
Francenildo Costa, um Herói

Francenildo Costa, um Herói

Ontem o STF – Supremo Tribunal Federal – decidiu por apertado placar de 5 a 4 o não recebimento de denúncia feita pelo Ministério Público contra o ex-ministro da fazenda  e atual deputado federal Antonio Palocci Filho e seu então assessor de imprensa Marcelo Netto, referente a quebra e divulgação do sigilo bancário do caseiro Francenildo Santos Costa.

Sinceramente, para mim, foi uma decepção ver a mais alta corte do Brasil rejeitar tão robusta e bem elaborada denúncia do MPF – Ministério Público Federal, alegando não haver ali provas contundentes contra o ex-ministro. Não consigo entender – e já li hoje diversos especialistas também divergindo da decisão do supremo – o porquê da decisão.

Estava o STF decidindo se aceitava ou não o início de um processo judicial contra os acusados, apenas isso. Não havia ali julgamento definitivo que exigisse provas materiais explícitas. A bem elaborada denúncia do MPF era mais cristalina que água: Havia todos os elementos respaldando indícios de crime, um roteiro perfeito com horas e datas, depoimentos relevantes e didáticos de várias testemunhas, uma cronologia exata dos acontecimentos e a motivação clara das ações dos réus.

Eu assisti pela TV Justiça, ao vivo, o voto de cada um dos ministros. Gilmar Mendes, presidente da corte, fez uma pomposa justificativa de seu voto contrário ao indiciamento de Palocci, usando muitas citações. Mas foi principalmente pecaminoso quando alegou que gente simples não tem capacidade de discernir o estado psicológico de outrem, e são (as pessoas simples) facilmente manipuladas pelos órgãos de investigação (discursando sobre o depoimento do motorista do ex-presidente da Caixa Econômica Federal, que o ministro classificou como irrelevante). Nesse momento me senti como uma empregada doméstica que recebe reprimenda da dona da “Casa Grande” por ter – vejam só! – nascido com olhos e ouvidos.

Temos então, um crime com vítima, mas sem criminosos. Está materialmente provado o crime, ele houve! O único beneficiário seria Palocci, e há indícios aos montes na reconstituição dos fatos pelo MPF.

Toco nesse assunto porque desde que iniciei esse blog mantenho-me anônimo. Um dos maiores motivos é justamente esse emblemático caso onde o governo, por meio de seus agentes políticos, usa seu poder para influir nas instituições de Estado, no intuito de devassar e intimidar um adversário vindo do povo. Um simples caseiro foi alvo da mais sórdida manobra na tentativa de desqualificá-lo como testemunha. Tentaram “colar” num cidadão a pecha de mentiroso, interesseiro e vendido, usando artifícios criminosos para o levantamento e manipulação de dados pessoais.

Esperava do STF uma exemplar decisão sobre esse caso. Um recado claro aos agentes públicos sobre suas responsabilidades. Era o momento certo para demonstrar repulsa a uma prática até comum nos dias de hoje, infelizmente, onde o exercício do poder político contamina órgãos de Estado. Foi mais um dossiê vagabundo do governo Lula sem punição.

Por essas e outras que continuarei anônimo. Francenildo, o caseiro, foi derrotado, e com ele cada um de nós simples mortais. Palocci, homem da política, ex-ministro de estado e pessoa possuidora de contatos estreitos nas mais altas esferas de poder, comemorou com champagne. Não temos no Brasil, ainda, um Estado de Direito democrático consolidado. Uma pena.