Posts Tagged ‘blog’

A pressa no pré-sal

10 setembro 2009

Lula fez bem em retirar a urgência do seu projeto para o pré-sal, fazendo uma concessão à oposição e mesmo a membros da base aliada descontentes com um certo desprestígio do presidente com a casa. O projeto tem muitas características interessantes, mas peca pela falta de detalhamento.

Se não foi detalhado, urgente não poderia ser!

Estava analisando a criação do tal Fundo Social, uma das pernas do projeto e que deverá receber parte da exploração do pré-sal para ser utilizado apenas em alguns setores da vida nacional.

Eu acho que essa é uma boa idéia, mas restringiria mais os setores agraciados com esse dinheiro. Pelo projeto original se fala em Cultura, Ciência e Tecnologia, Educação, Combate à Pobreza e Sustentabilidade Ambiental.

Muita coisa e tudo sem detalhamento. combate à pobreza assim, genericamente, pode ser até a pobreza da família Odebrecht hehehe.

No projeto, a criação e formatação do tal fundo caberia única e exclusivamente ao executivo, sendo que o fundo ficaria vinculado diretamente à presidência da República.

Cheque em branco assim não tem condições não! Tem que estar detalhadinho como será esse fundo: Quais serão os ocupantes, se por mandato, por quanto tempo, que setores indicarão pessoas, como indicarão, quem fiscalizará, etc, etc, etc. Deixar tudo na mão do presidente – Lula ou o próximo que entrar – é um perigo. E tem que ser mais independente, não colado ao gabinete presidencial.

Esse projeto, só de folhear, precisaria de pelo menos um ano de discussões com a sociedade. Mas se o legislativo arrancou mais 50% do tempo, amanhã pode ser mais. Espero.

De casa nova e provisória

9 setembro 2009

Continuo sem maiores informações do WordPress. Porém, aconselhado por pessoas mais experientes acatei a notificação e transferi o blog para esse novo domínio, encerrando as atividades no antigo.

Uma amiga jornalista nos EUA está tentando obter algo mais concreto deles. Também tenho insistido nos contatos via e-mail.

O fato é que venho escrevendo há 3 meses, e só agora, depois de uma revista internacional mencionar o blog e a polêmica do blog clone do planalto ter tomado corpo é que chega essa notificação. Muita coincidência. Pra piorar, o destino colocou como “deadline” do antigo blog a data da comemoração da nossa independência.

A vida continua, mas confesso que um pouco menos colorida.

Manifestação Fora Sarney em São Paulo

8 setembro 2009

Lindo dia de sol em São Paulo nessa segunda-feira de feriadão da Independência. O pessoal, apesar da cidade estar vazia (sol+feriado), se mobilizou e produziu um lindo retrato de cidadania. Foto do http://blogsergio.com

Movimentos começam com 100, passam para 1000 e logo formam multidões.

Movimentos começam com 100, passam para 1000 e logo formam multidões.

PETROBRAS = PDVSA?

4 setembro 2009
PetrobrasPdvsa - Deus nos livre!

Hugo Chaves e Sergio Gabrielli: rindo de quê?

A Petrobras está tomada por pessoas com currículo apenas político, decidindo e planejando ações cujos interesses muitas vezes conflintam com os do Brasil.

A associação com a PDVSA da Venezuela, país que jogou a democracia na lata do lixo e vem impondo, à força, um regime totalitário e armamentista é um péssimo exemplo. Chaves expropria ativos de outros países com a maior sem-cerimônia. Investir dinheiro brasileiro naquele país hoje em dia é aposta de altíssimo risco.

Pré-Sal

É dever de cada cidadão brasileiro estar atento as novas regras sobre a exploração do petróleo do pré-sal geradas em gabinetes onde poucas pessoas tiveram direito a opinar. A urgência solicitada pelo presidente Lula na tramitação do projeto dentro do legislativo (45 dias em cada casa) é um acinte para a população, pois o pré-sal ainda demorará anos para gerar realmente riquezas, é coisa que começará realmente só no próximo governo e há muita controvérsia sobre o modelo apresentado.

Enfiar propostas goela abaixo é tática digna de Hugo Chaves. Espero que as técnicas do bufão venezuelano  não estejam contaminando nossos governantes. Não queremos uma espécie de PDVSA tomando conta do nosso petróleo. A Venezuela aplica seus petrodólares em armamentos e no financiamento de apoio de outros países, enquanto seu povo passa necessidades. No Brasil, queremos petrodólares exclusivamente para o desenvolvimento de ciência & tecnologia e educação, além da causa ambiental.

Precisamos ainda ter esse futuro dinheiro (e bota futuro nisso) resguardado de sanhas de governos de plantão. Nova estatal para gerir recursos não! Que se crie um conselho amplo, independente e democrático para fiscalizar e gerenciar essa futura bufunfa.

CPI instalada, viva a democracia!

14 julho 2009

Hoje, terça-feira, 14 de julho, finalmente foram iniciados os trabalhos da CPI da Petrobras no Senado. Após tantas manobras e protelamentos por parte dos senadores que apóiam o governo Lula, e da pressão forte que o planalto exerceu contra as investigações, teremos agora a possibilidade de acompanhar, via TV Senado, quem são os políticos que honram com seus votos recebidos da população.

A CPI, que tem maioria folgada de governistas, contrariou uma tradição da casa ao escolher relator também governista, após ter eleito chapa de presidente e vice. Mas isso não significará muita coisa se cada cidadão exercer seu direito de pressão e exigir isenção e patriotismo na condução dos trabalhos. Teremos que estar atentos e fazendo barulho, para não permitir que tudo termine em forma redonda, coberta de molho de tomate.

A próxima reunião da comissão será logo após o recesso de julho, no dia 06 de agosto às 10hs.

Abaixo, o nome dos senadores que compõem a CPI:

[G] Presidente da comissão: João Pedro (PT-AM)

[G] Vice-Presidente: Marcelo Crivela (PRB/RJ)

[G] Relator: Romero Jucá (PMDB-RR) – líder do governo no Senado

[O] Autor do requerimento: Álvaro Dias (PSDB-PR)

Demais membros:
[O] Sérgio Guerra (PSDB-PE) – presidente nacional do PSDB
[G] Ideli Salvati (PT-SC) – líder do governo no congresso
[G] Gim Argelo (PTB-DF) – vice-líder do governo no Senado
[G] Paulo Duque (PMDB-RJ)
[G] Jefferson Praia (PDT-AM)
[G] Valdir Raupp (PMDB-RO)
[O] Antônio Carlos Magalhães Júnior (DEM-BA)
[G] = Governistas                                  [O] = Oposição

 

O PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) finalmente caiu do berço esplêndido e colocou no ar um blog para repassar notícias e informações sobre a CPI. Segue o link:  PETROBRAS BLOG DA CPI

 

         Assista aqui Vídeo Clip da abertura da CPI no YouTube:

A luta continua.

15 junho 2009

Depois de um ótimo feriado, com o inverno antecipado me congelando os pés e minha namorada aquecendo meu coração (hehehehe), volto a ativa aqui. Quero anunciar que vou estar menos presente, pois estou com meu TCC atrasado e entrando em semana de provas na facul. Também passei a colocar moderação prévia nos comentários – ajudado pelo meu avô, velho e atento napolitano, que se dispôs a compartilhar o árduo compromisso.

Isso terá que ser feito porque detectei, infelizmente, comentários contendo links maliciosos (provavelmente intencionais), o que poderia prejudicar alguns leitores incautos e até esse blog, devido à classificação etária do mesmo dentro do wordpress. Mas continua a proposta de não censurar qualquer tipo de conteúdo postado na seção.

Depois dessa rápida explicação sobre minha ausência e da mudança quanto aos comentários, vamos ao tema do dia:

Passado uma semana, formei a opinião de que o Blog da Petrobras nada mais é que uma extensão da assessoria de comunicação e imprensa da direção da companhia. Diferente do que alguns articulistas da própria imprensa levantaram – de que seria uma inovação e uma grande sacada da empresa em benefício do consumidor – ali o internauta só vai encontrar a opinião da direção da empresa. É quase a mesma coisa que visitar seu website institucional. Até aí nada demais, pois no mundo do marketing – e é o mundo que estudo – transparência total é uma escolha delicadíssima, muitas vezes inviável. A Coca-Cola, por exemplo, não iria, para satisfazer a curiosidade legítima de um consumidor, revelar a sua histórica fórmula secreta para mostrar-se transparente. Então esse papinho de inovação e revolução no contato empresa-cliente levantado por alguns em cima do “case” blog Petrobrás é pura fumaça. Lá, queiram ou não, você está em ambiente controlado por uma diretriz.

Tem o fato positivo deles colocarem na íntegra sua comunicação com a imprensa (desde que respeitando o off da apuração), mas pecam na análise que fazem dessa comunicação e também por não postarem, para efeito comparativo, as matérias jornalísticas efetivamente publicadas também na sua íntegra, sem restrição. Mais transparente seria colocar apenas a íntegra dos dois lados, e deixar que os leitores tirassem suas conclusões.

O problema hoje, entretanto, é continuar com o posicionamento político-partidário contido na seção de comentários do blog da nossa querida Petrobras. A moderação lá tem esse infeliz viés. Recebi e pesquisei na blogosfera inúmeras reclamações de gente que foi censurada quando fez críticas, perguntas incômodas ou partiu em defesa dos que lá são publicamente atacados. Já os bajuladores se acotovelam aos montões. E cá para nós, para uma empresa que conta com 1150 funcionários em sua área de comunicação, ficaria até fácil criar artificialmente essa nuvem de opinião positiva.

Mas isso não significa que esteja defendendo que um blog empresarial  abra mão da moderação nos comentários. Muito pelo contrário. No caso da Petrobras o que está faltando é exatamente moderação. Mas moderação equilibrada e transparente, o mínimo que se espera de uma empresa com a excelente reputação construída ao longo desses 56 anos e que prega responsabilidade social, ambiental e institucional.

O comportamento do blog é outro, aprovando mensagens com todo tipo de ataques e linchamentos à imprensa, jornalistas, políticos e demais supostos opositores, não da companhia, mas do partido que controla o governo atual. Isso joga ladeira abaixo toda imagem positiva duramente construída ao longo de meio século.